chessknight
Limit Hold'em:
1. Limite em longhand
2. Limite em shorthand
3. Shorthand avançado

No-Limit Hold'em:
1. Introdução ao NL
2. NL avançado
3. Quem paga
4. Tamanho das pilhas

Torneios:
1. Visão geral de torneios
2. NL de uma só mesa
3. STTs NL avançado
4. NL de várias mesas
5. Variantes de torneio

Outras línguas:



Quem paga
ESTRATéGIA DO PôQUER

Nos Jogos Olímpicos, o segundo colocado ganha uma medalha de prata. No no-limit hold'em, o segundo lugar perde grandes somas de dinheiro.

Muitos jogadores que cruzam a fronteira do limit hold'em para o no-limit hold'em têm dificuldades de entender esse conceito importante. Se você tiver AK e conseguir no flop em par bom no limit hold'em, raramente você vai sair dessa mão. Afinal, sua mão vai ganhar na maioria do tempo e você não perde muito se sua mão acabar ficando em segundo lugar. No entanto, se você não for cuidadoso no no-limit hold'em, esse tipo de mão vai lhe custar todas as fichas.

Há seis tipos de mãos no no-limit:

1. Mãos que não têm valor. Elas não conseguem ganhar nem de um blefe.

2c3c
Sua mão
KhTh9s8s6h
Mesa


2. Mãos que conseguem ganhar de um blefe. Por exemplo, um par médio.

AdTd
Sua mão
KhTh9s8s3h
Mesa


3. Um bom par.

AcKc
Sua mão
KhTh9s8s6h
Mesa


4. Overpair.

AhAc
Sua mão
KhTh9s8s6h
Mesa


5. Mãos fortes (que não são uma loucura).

QdJs
Sua mão
KhTh9s8s6h
Mesa


6. Uma coisa louca ou quase louca.

Ah4h
Sua mão
KhTh9s8s6h
Mesa


Compreender esse tipo de mão significa entender o quanto do pote cada tipo de mão pode ganhar. Mãos de menor valor em geral só conseguem vencer potes menores, pois as mãos que elas conseguem vencer não vão igualar grandes apostas. Por exemplo, suponhamos que você tenha AK e a mesa seja AJ4. Alguém com KJ simplesmente não vai pagar seu jogo neste tipo de situação.

No entanto, se você tiver AK e a mesa for A9652, é bem provável que você pague o jogo de alguém que tem 87. Novamente, quanto mais forte for a mão, maior a probabilidade de alguém pagar.

Obviamente, qualquer mão consegue se transformar em uma mão louca: [[cards 7c 2d]] de naipes diferentes é a mão louca com uma mesa de 77735. No entanto, certas mãos iniciais se prestam mais a certas categorias.

Pares ocultos altos (AA, KK, etc.): essas mãos são geralmente overpairs. Se você for feliz e conseguir um set com elas, é improvável que alguém vá pagar sua aposta. Por quê? Suponhamos que você tenha AA e na mesa haja A78. É improvável que alguém mais tenha um par ótimo, porque há apenas um outro ás no baralho. Assim, você fica com relativamente poucas mãos fortes que consiga vencer e que não são draws para uma mão que seja mais forte do que a sua.

Grandes cartas sem par (AK, AQ, etc.): essas mãos se prestam a ser bons pares. É possível conseguir straights com essas mãos, também. No entanto, na maior parte do tempo que você formar uma mão, será uma mão que tem um ótimo par.

Pares ocultos pequenos (33, 77, etc.): em geral, vão formar mãos da categoria 2, 5 ou 6. Por exemplo, se você tiver seis ocultos, há chances de que o flop lhe traga uma série de cartas muito boas ou lhe consiga um set. Assim, sua mão será ou muito tênue ou extremamente forte.

Conectores combinados (T9s, 64s): essas mãos tendem a ser da categoria 1, 2, 5 ou 6. O bom nessas mãos é que, em geral, você conhece seu lugar no pote, pois elas são ou bem fortes ou bem fracas.

À medida que sobe a classificação de uma mão, os riscos e recompensas em potencial dessa mão aumentam também. Obviamente, uma mão ruim não vai ganhar um pote (exceto em um blefe), mas também não vai se pagar.

No entanto, fica complicado quando você consegue mãos com um par ótimo ou com overpair. Esse jogo realmente não consegue vencer muitas mãos. Uma pessoa com um par médio não vai igualá-lo em grandes apostas, a menos que eles realmente achem que você está blefando. No entanto, as pessoas geralmente pagam muito com um par muito bom para as pessoas que têm mãos mais fortes.

É por isso que as mãos com pares muito bons e overpairs tendem a não ser tão boas no no-limit quanto o são no limit. No jogo com limite fixo, há apostas estabelecidas que são muito pequenas em relação ao pote. Como são muito pequenas, as pessoas com mãos da categoria 2 vão pagar porque vale a pena arriscar essa pequena quantidade de dinheiro se houver uma chance considerável de que o cara esteja blefando. Assim, há muitas mãos que vão pagar o par muito bom.

No entanto, no no-limit, as apostas tendem a ser grandes em relação ao pote. Assim, há muito menos mãos que vão pagar o par muito bom, porque as pessoas vão arriscar muito dinheiro para chamar as mãos que realmente só podem vencer os blefes. As mãos que pagam os pares muito bons não são apostas do tipo no-limit que valem a pena. No entanto, para muitas pessoas, vale a pena pagar o par muito bom e o overpair para outras pessoas com apostas do tamanho da mesa.

Isso não significa dizer que o par muito bom é uma mão horrorosa no no-limit. Certamente, é possível ganhar uma boa parcela de potes com ele. Mas, em geral, ele não consegue ganhar potes grandes em relação aos blinds. É por isso que o par muito bom tende a ser melhor se a pessoa tiver uma pilha pequena em vez de uma pilha grande de fichas. O tamanho da entrada de uma pessoa é muito importante no no-limit e é por isso que o próximo capítulo vai analisar a fundo esse assunto.

Próximo artigo: tamanho das pilhas e implied odds

 


PokerTips Newsletter Sign-Up